Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

tenho uma relação com um homem casado. todos os dias eu vou ao espaço dele e basta dirigir-lhe um olhar e ele assente e proporciona-me de seguida um prazer incontrolável que não sacia nunca. temos este caso, um caso sem início e sem fim. por vezes, passo por lá e não tenho dinheiro, mas olho lá para dentro e vejo que ele está com a mão na máquina à espera que eu entre. e eu continuo o caminho, indiferente e alheia ao prazer. e, quando passo de volta para casa vejo que ele continua de olhar fixo na porta, à espera que eu entre.

tenho uma relação com o senhor que me tira os cafés. eu entro no café. e quando me sento, no balcão, no banco já meu, o café é-me posto à frente. tantas quantas as vezes que eu do café necessite. por vezes compro uma raspadinha. outras vezes sorrio ao senhor apenas e pago-lhe. nunca dialogamos. nunca interagimos. mas, ele sem mim e eu sem ele? não dá. não sabe o meu nome e o dele já ouvi de raspão. mas tira o melhor café com melhor cheiro de sempre e isso faz-me depender do senhor que tira os cafés.



publicado por naná às 15:13 | link do post | comentar

12 comentários:
De adele schulze a 3 de Dezembro de 2010 às 16:31
gostei, e não sabes o quão me deixa feliz ver que não sou a única que mantenho relações sem a relação.
beijinhos.


De narmy. a 3 de Dezembro de 2010 às 17:26
muito bonito. adorei.

acredito piamente que tens ao teu lado alguém que te adora e não estás a ver.


De mag. a 3 de Dezembro de 2010 às 17:36
se calhar estás mais sensível :S
de qualquer maneira, adorei, como sempre


De Felícia a 3 de Dezembro de 2010 às 18:50
:O Está digno de uma publicação, juro que está.

Eu, que sou um bocado lenta, verdade seja dita, só percebi o sentido da relação lá para o meio, mas está tão lindo, a sério, cada vez me surpreendes mais... ^^


De summer wright a 3 de Dezembro de 2010 às 19:08
temos relações muito subtis que depois se mostram essenciais.


De Leonor a 3 de Dezembro de 2010 às 21:57
Gostei muito :)


De Dreamer a 3 de Dezembro de 2010 às 22:06
Gostei muito do post :) A forma como começou leva-nos a pensar noutras coisas :) Está muito giro!


De Catia a 3 de Dezembro de 2010 às 23:14
É impressionante a relação que podemos ter com alguém, se nos apercebermos, sem se aperceberem. É uma das coisas mais maravilhosas que existem, essa capacidade de reconhecer que aquela pessoa vai lá estar à nossa espera, mesmo que não o saiba.
Adorei :)


De Miki Koishikawa a 6 de Dezembro de 2010 às 12:06
Até me assustei com a primeira parte, confesso. Mas que bem. :) quem sabe se não te espera um amigo.


De marianne goulart a 6 de Dezembro de 2010 às 23:16
somos todos dependentes de alguém.
as nossas dependências não são saudáveis...mas fazem-nos sentir bem.


Comentar post

mais sobre mim
Labrinth feat. Emeli Sande - Beneath Your Beautiful
arquivos

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010