Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Ontem, em plena consciência de mim, brotei água salgada.

Não sei o que se passou, mas a verdade é que chorei incansavelmente duas horas. Lancei gemidos e gritos. Magoei-me. Abanei-me. Revoltei-me. Destruindo tudo aquilo que tinha vindo a criar em mim. Deitei abaixo o muro com que me protegia e manifestei sentimentos.

Quão doloroso é chorar. Quanta alma me sai. Quanta alma me foi levada pelas lágrimas.

Chorei a solidão que me preenche e me toca. Chorei a orfandade que me atingiu precocemente e me levou os únicos braços que me amparavam. Chorei o suicídio falhado da única pessoa que restou ao meu lado. Chorei o fingimento de todos os que me rodeiam. Chorei a protecção exagerada que me deram e me levou a confrontos interiores. Chorei o meu coração de gelo que não sente, não ama, não magoa, mas dói. Chorei o poder que ele teve em mim e me deixou complexos. Chorei as amizades apenas virtuais. Chorei o meu futuro arruinado. Chorei as saudades, a melancolia.

Chorei porque estou perdida em mim e já não tenho palavras para responder aos fingidores.

E chorei.Ao fim de muito tempo chorei.

E continuei a chorar, por ter chorado.



publicado por naná às 00:02 | link do post | comentar

5 comentários:
De Miki Koishikawa a 8 de Dezembro de 2010 às 11:34
Oh :\ sabes, chorar até faz muito bem à alma. Parece um peso saído de nós, pelo menos em mim é assim. Espero, que estejas mais aliviada e mais em paz. Se precisares de um ombro amigo, ainda que não nos conheçamos, conta comigo. :)


De mara. a 8 de Dezembro de 2010 às 12:08
chorar, por vezes faz muito bem.
que tenhas muita força.
e obrigada querida <3


De Catia a 8 de Dezembro de 2010 às 12:59
eu costumo chorar muito, muito mesmo. mas só quando estou sozinha ou quando penso que ninguém me vê. chorar é manifestar algo mais, choramos quando já não há mais sítio nenhum onde guardar tanta mágoa, tanto sofrimento. choramos por nos sentirmos sozinhos, incompreendidos. chorar faz bem. mesmo que choremos até que nos doa todo o rosto. faz bem. eu, pessoalmente, quando choro até me ter uma enorme e incontrolável dor de cabeça, no outro dia acordo muito mal. e estou muito mal nesse dia. mas depois esse mal vai-se convertendo em bem, porque arranjei espaço onde armazenar tudo o resto que me rodeia. tu, por tudo o que aguentaste e aguentas, já estava mais do que na hora de arranjares algum espaço. e essas lágrimas que libertaste representam todo o tempo de sacríficio, todas as horas que és forte. chorar dói, mas alivia.


De mag. a 8 de Dezembro de 2010 às 15:35
sinto muito.
eu mesmo que quisesse, agora só consigo chorar por meras futilidades,
chorei demais pelos que não mereciam e ao descobrir as mentiras que me rodeavam :S
mas se precisares de alguma coisa, conta comigo :)
bj e espero que estejas melhor


De Antonio F a 15 de Dezembro de 2010 às 22:51
Chora! Chora sempre que te apeteça chorar! Não tenhas medo de perder a alma, que ela vai, mas volta. Renovada, mais aliviada e mais confiante, e será isso que depositará em ti! 
Deixa a tua alma ir dar uma voltinha de vez em quando! verás que ela saberá recompensar-te ! 
Sabes?  Ela sai quando choras, mas precisa de um sorriso para entrar. :) 


Comentar post

mais sobre mim
Labrinth feat. Emeli Sande - Beneath Your Beautiful
arquivos

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010