Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2010

tenho dias e dias. nuns acordo bem. noutros acordo bem também mas o dia que se espera não me sorri.

por vezes acordo cedo, consigo tomar o pequeno almoço, a minha pele está limpa de impurezas, o meu corpo não me dói. saio cedo de casa, chego à escola a horas. digo bom-dia a toda a gente. recebo um teste com óptima nota, descubro que me dou bem com a matemática. vou na rua encontro um euro. vou tomar um bom café, compro uma raspadinha com aquele euro. sairam-me  20€. compro outra raspadinha e voltam a sair 20€. guardo bem o dinheiro, tenho uma agradável conversa com o senhor que se sentou junto a mim no balcão. vou a sair do café e um Homem muito gentil abre-me a porta, eu tropeço nos cordões mas ele apanha-me antes de atingir o chão, olha-me nos olhos e diz-me :"tal como nos filmes não é princesa?", eu coro, sorrio e assinto timidamente. vou-me embora e tudo tudo tudo corre bem.

por vezes acordo tarde, corro a vestir-me, vejo que tenho o cabelo oleoso e o corpo dorido mas não dá para tomar banho ou aplicar gel. corro para escola. chego a meio caminho e reparo que me esqueci da mochila mas trouxe as chaves. volto para trás. pego finalmente em tudo, ao passar no portão a minha camisola prende-se e rasga-se. e eu praguejo silenciosamente. vou para a escola. chego no exacto momento em que fecham a porta entro, sento-me. alguém me diz que tenho creme na testa. eu limpo e praguejo outra vez. a professora questiona-me sobre qualquer coisa e eu sei a resposta. porém estou tão pastosa e lenta que não tenho tempo. a professora dá-me um sermão e eu não ouço porque estou a reparar que me esqueci de lavar os dentes. não abro a boca o dia inteiro. vou para casa, a comida queima-se e acabo por comer sandes de atum.saio de casa para ir tomar um café sempre à espreita do que pode acontecer. vou calma na rua, e quando dou por mim tropeço. caio no chão violentamente. todo o conteúdo da minha bolsa se espalha, vejo pensos tampões dinheiro livros canetas e afins no chão circulando ao sabor do vento. praguejo alto. quando me levanto verifico que por 10cm não me espalhei em cima de um presente fresquinho, acabadinho de ser depositado por um lindo cãozinho vestido com um cobertor. apanho tudo e vou para casa, e corre tudo tudo tudo mal.

 


música Elliott Smith - Everything's Okay

publicado por naná às 12:50 | link do post | comentar

11 comentários:
De lostdreams a 27 de Dezembro de 2010 às 13:13
olá.
há dias maus e dias bons. é sempre assim.

beijinhos


De lostdreams a 27 de Dezembro de 2010 às 13:18
obrigada :)
publicidade? como assim?


De Beatriz a 27 de Dezembro de 2010 às 13:19
oh muito obrigada, a sério :')
eu também gosto muito do teu , e essencialmente dos textos!


De C. a 27 de Dezembro de 2010 às 13:36
eu quando o dia começa bem, optimo. quando começa mal, pessimo!! grrr


De Emy a 27 de Dezembro de 2010 às 16:19
sim foi, obrigada :)

é a my december - linkin park (:


De Leonor a 27 de Dezembro de 2010 às 19:35
Fantástico!

Retrata perfeitamente o dia-a-dia de qualquer jovem. Está óptimo e acho que qualquer uma se pode identificar mesmo que não literalmente.
Todos podemos ver-nos deste texto.

Para mim, este texto é a epítome da própria vida.


De naná a 4 de Janeiro de 2011 às 14:44
confesso que fui ver epítome ao dicionário. adoro palavras novas:) e ultimamente até tenho usado esta :)
beijinhos ;)))


De narmy. a 27 de Dezembro de 2010 às 20:01

oh, isso é tão verdade! há dias em que uma pessoa não devia pôr um pé fora de casa, parece que o mundo nos vai cair em cima!
adorei este texto. :)


De summer wright a 27 de Dezembro de 2010 às 20:27
acontece.


De mara. a 28 de Dezembro de 2010 às 16:27
adorei :D


De Antonio F a 29 de Dezembro de 2010 às 09:18
Não é por amanhecer com chuva que perco a esperança de ver o Sol.. :)


Comentar post

mais sobre mim
Labrinth feat. Emeli Sande - Beneath Your Beautiful
arquivos

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010