Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011

Estás a levar-me á loucura amor. Estás a deixar-me possessa de desejo, de vontade de te tocar, de te beijar. Deixa-me tocar-te a face. Sentir as feições do teu rosto. Beijar cada uma das tuas cicatrizes. Deixa-me por a mão na tua face e penetrar-te o olhar com o meu. Amor. Deixa-me aninhar-me em ti. Pegar nas tuas mãos e massajar a minha barriga. Enquanto me dizes ao ouvido que me amas. Embalas-me amor e dizes eu vou-te proteger durante a noite. Posso ter-te dentro de mim? Unidos pelos fluidos corporais, encaixados, tornados um só ofegantes? E no final, no final abraça-me amor e beija-me a face, que eu também te quero ter nos meus braços. Amor. E beijar-te-ei todas as noites ate ao fim dos meus dias. Serei eu quem te abraça e te protegerá do mundo. Vou olhar-te os olhos e beijar-te a boca. Vou dizer-te que tudo vai correr bem. Somos tão perfeitos um para o outro, coração. Abraça-me hoje. Amor. Sussurras-me ao ouvido que me amas. Beijas-me as orelhas, a face. Estamos em conchinha que é o perfeito para se adormecer depois de uma noite de prazer. Tenho a mão sobre a barriga, estou de lado. Tu abraças-me. E dás me a mão. Estou grávida príncipe.



publicado por naná às 16:53 | link do post | comentar

13 comentários:
De Catherine a 28 de Janeiro de 2011 às 19:36
que fofinhoo (:


De Felícia a 28 de Janeiro de 2011 às 19:48
Está amoroso (:


De hopeless romantic a 28 de Janeiro de 2011 às 20:09
está tão... perfeito.
posso confessar que me vi no teu texto tão lindo? menos o grávida. mas as tuas palavras são tão... perfeitas.


De naná a 31 de Janeiro de 2011 às 20:49
o "grávida" é fictício, por isso tudo nice né?
apesar de ser um desejo constante.


De J. a 28 de Janeiro de 2011 às 21:18
está deveras lindo.
ps: really? =')


De naná a 30 de Janeiro de 2011 às 00:31
não:) não estou grávida, hein.


De summer wright a 28 de Janeiro de 2011 às 21:25
que bonito.


De narmy. a 28 de Janeiro de 2011 às 21:47
adorei este teu texto. cada vez melhor, todos os dias.


De Leonor a 29 de Janeiro de 2011 às 00:21
Lindo. Muito doce e puro :)
Tem um certo toque de ingénuidade que o torna interessante e muito cativante.


De Cath a 29 de Janeiro de 2011 às 12:36
perfeito , perfeito.


De Joanna Andrade a 31 de Janeiro de 2011 às 03:16
Como o dia de hoje foi muito difícil para mim. E estou sensível, até piegas. E também por que tu és grande escritora, derramei lágrimas ao ler o teu texto. Lindo.


De naná a 31 de Janeiro de 2011 às 20:50
oi*-*
como também gostava de chorar. :)
mas se te provoquei emoção fico deveras contente:)


De Carolina a 15 de Fevereiro de 2011 às 23:33
gostei muito, muito.


Comentar post

mais sobre mim
Labrinth feat. Emeli Sande - Beneath Your Beautiful
arquivos

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010