Domingo, 28 de Novembro de 2010

senhor na mesa do casamento: "o senhor tem uma filha muito bonita, muito bonita."

 

Sorriste ao senhor e agradeceste. O senhor piscou-me o olho e disse-me baixinho: cuidado com os rapazes. Olhaste para mim, tinhas os olhos gelados. Há quanto tempo não te via assim Meu Pai, há quanto tempo. Saímos do casamento, tomaste-me o braço e disseste brusca e dolorosa e perdidamente : uma menina nunca deve ser vista só pela sua beleza, nunca, nunca, também tens cabeça. és uma menina ainda.

Morreste-me 3 meses depois, e por isso, nunca deixei de ser uma menina. Não me importo com os olhares lascívos que me deitam na rua, não quero saber se esta camisola é demasiado decotada, porque, só sorrirei de volta a um homem quando ele me olhar para a inteligencia.

Porque uma menina nunca deve ser vista só pela sua beleza, e eu, continuo eternamente menina passeando com a beleza.



publicado por naná às 23:30 | link do post | comentar

10 comentários:
De adele schulze a 28 de Novembro de 2010 às 23:34
o inconsciente humano é algo muito complexo. beijinhos.


De Miki Koishikawa a 29 de Novembro de 2010 às 10:26
É tão  bonito o respeito que tens pelo teu pai. :)


De Dreamer a 29 de Novembro de 2010 às 14:54
A verdadeira beleza está dentro de cada um de nós. A beleza é a nossa essência...


De Felícia a 29 de Novembro de 2010 às 17:20
Quase que me fizeste chorar, sabes?

E se calhar este nem é dos textos mais emocionantes que tens, mas tocou cá dentro. Mesmo cá dentro.

Também ajuda lê-lo num altura em que estou mais sensível, é verdade, mas, meu deus, está tão simples, tão profundo!


De Leonor a 29 de Novembro de 2010 às 18:58
Adorei :) Está muito bonito, mesmo.


De Catia a 29 de Novembro de 2010 às 19:23
Na minha opinião, essa é uma das melhores lições que podias ter guardado do teu pai. É preciso termos alguém para nos dizer esse tipo de coisas. :)


De mudou a 29 de Novembro de 2010 às 21:47
pelo menos preocupava-se contigo. preferia que o meu já não existisse mas que tivesse dito em tempos coisas assim bonitas, nao que me tivesse "abandonado".


De Joanna Andrade a 30 de Novembro de 2010 às 00:20

Você deve ser realmente bela. Mas vejo outras coisas também, as mais importantes.
Eu estou te seguindo, querida.
Beijos, :*


De narmy. a 30 de Novembro de 2010 às 17:29
que texto encantador, e que bela maneira de pensar.


De Magda a 30 de Novembro de 2010 às 18:18

que lindo texto, deviamos pensar todos assim :)


Comentar post

mais sobre mim
Labrinth feat. Emeli Sande - Beneath Your Beautiful
arquivos

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010