Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012

pela primeira vez alguém faleceu no serviço enquanto eu lá estava. na segunda foi meu doente, consciente, falador, um pouco tonto...ontem faltei. hoje ele morreu. no quarto ao lado, um outro doente. uma patologia incrivelmente mortal, há duas semanas que me avisaram que o sr estava para falecer...recusou cirurgia, que era a única forma de salvamento para aquela patologia.. hoje, bem disposto, sorridente, dizia piadas, e basicamente, está a morrer aos poucos... chego a ponderar seriamente nos meus principios, na eutanásia, nas escolhas...e depois, um milagre. alguém que chega com a morte dentro do corpo, e dia a dia, vai vivendo e a doença, que é impossível de regredir, vai regredindo...

chego ao ponto de não saber...se acredito na teoria ou em ligares.



publicado por naná às 17:52 | link do post | comentar

mais sobre mim
arquivos

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010