Domingo, 19 de Setembro de 2010

Onde levas os teus passos?

Onde caminhas ás escuras?

 

A ti mesma agora perguntas

De que sou feita?, de onde vim?

Ninguém o sabe, mas olha,

Não sabes de onde vens, mas o teu fim.

   

É assim que as coisas correm, uns nascem, outros morrem, e tu restas. Tu ficas. Tu amas. Tu lutas. Tu sofres. Tu morres? Não, tu vês os outros morrer. É essa a tua sina, não morrer, mas ficar só. Porque lutas? Não vale a pena. Eles vão, tu restas. Mas não estás só nessa luta. Tu lutas, mas nós também lutamos. Nós também sentimos o que sentes. É verdade, também lutamos pelo mesmo que tu. Por não restar, por não ficar quando os outros vão. Não é assim que te sentes? Com vontade de desistir, de morrer, de deixar tudo aqui e partir? Desistir. Perder.

É mesmo assim, porque lutas? Não lutes, deixa p ra lá. Esquece. Bloqueia. Deixa.

Lutar não vale mais a pena. Resistir não, não resistas. Não lutes contra esse destino de destruição. Deixa-te levar, não sofras mais. Não destruas o que de ti resta. Não vale a pena. Não hoje. Não amanhã. Não sempre.

Aqui para ti, hoje e sempre, marion.

Temos como ideal de felicidade os nossos objectivos. Mas serão eles os mesmos que nos darão felicidade? Não é assim que as coisas correm. Nem sempre temos o que queremos, nem sempre conseguimos o que lutamos.


música cat stevens - father and son

publicado por naná às 00:28 | link do post | comentar

2 comentários:
De Tea & Coffee a 18 de Setembro de 2010 às 14:18
Adorei! (:
Felizmente consegui vê-lo mas foram horas de sofrimento! :$$
Beijinho


De raspberryessence a 5 de Janeiro de 2011 às 18:01
Adoro a música que ai puseste=) muito bom o texto! beijo


Comentar post

mais sobre mim
arquivos

Abril 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010